domingo, 4 de junho de 2017

JOÃO GRILO, UM PRESEPEIRO NO PALÁCIO























Pedro Monteiro, cordelista piauiense radicado em São Paulo, membro fundador da Caravana do Cordel, lança novo folheto, explorando mais uma vez o tema gracejo.

Pedro traz de volta o personagem João Grilo, o grande pícaro dos contos populares.

Uma das referências imediatas é o conto "Adivinha, adivinhão", recolhido e comentado por Câmara Cascudo, a mais lúcida inteligência que este País concebeu.

Autor de "Chicó, o menino das cem mentiras" (Luzeiro, 2009), Pedro publica agora, pela Tupynanquim de Klévisson Viana, este "João Grilo, um presepeiro no palácio".

A ilustração da capa é do próprio Klévisson.

Abaixo, as estrofes que abrem o folheto:

Quero aqui contar em versos
Uma aventura engraçada,
Sobre um bom adivinhão
De astúcia comprovada,
Fazendo revelação
Com uma ave encantada.

O mestre Câmara Cascudo
Fez a catalogação
Desta pérola recolhida
Na fonte da tradição,
Fincada lá nos guardados
Da nossa imaginação.

Vem da tradição oral,
Presente em forma de conto,
Atravessando fronteiras —
Quem conta aumenta um ponto!
E gente de toda idade
Aplaude e pede reconto.

Para narrar em sextilhas,
Confesso aqui que inventei,
Refazendo a narrativa,
Muito lhe acrescentei,
Mas, por não ser todo meu,
Assim me justifiquei.

Quando separei João Grilo
Do seu parceiro Chicó,
Foi como se dividisse
A ventania do pó,
Já que nesta ligação,
Tem corda, laçada e nó.

(...)

Contatos:
pedromonteirocordel@gmail.com

tupynanquim_editora@ibest.com.br

6 comentários:

Pedro Monteiro disse...

A minha algibeira tem
diversão pra toda idade!
Tem prosa, tem poesia,
Ficção e realidade,
que transformam a sua vida
em existência florida
com muita felicidade.

Dalinha Catunda disse...

Olá Pedro,
Passei por aqui para uma visitinha e ver as novidades.
Sua algibeira realmente esta bem agradável.
Um abraço carinhoso,
Dalinha

Rosário Pinto disse...

Grande poeta Pedro Monteiro,
Finalmente, consegui acessar...kkk Parabéns pelas suas belas poesias.
*
Trouxe na minha malenta
Vinda lá de Bacabal
O gosto da poesia
De um pai fenomenal
Me ensinou tudo que sei
É pouco... mas genial!

José Sousa disse...

Fiquei deslumbrado não só com seu blog, como também pelas suas postages, maravilha!!!
Conheça os meus em:
www.congulolundo.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com

Um abração do tamanho do mundo.

Anônimo disse...

pr.vilas@uol.com.br
Enviada: domingo, 6 de junho de 2010 8:20:04



Olá caro amigo Pedro. Li o seu mais recente poema: Sobre João Grilo... Vc tá ficando bom em cara. Qualquer dia vou lhe mandar um poeminha...

Abraços e boa sorte poeta.

Pr. Vilas-Boas

Anônimo disse...

Pedro Monteiro eu li
Desse Grilo as presepadas,
Um amarelo retrinca
matreiro pelas estradas,
Decerto não acabou!
Quantas mais vão ser contadas?

Aldy Carvalho